Arrefecimento do Ar Condicionado Automotivo em São Paulo – Manutenção Preventiva

Como o termostato, o Arrefecimento e o Ventilador de refrigeração deve ser controlado para que ele permita que o motor mantenha uma temperatura constante.

Os carros com tração dianteira possuem ventiladores elétricos porque o motor geralmente é montado transversalmente, o que significa que o motor de ponta para o lado do carro. Os ventiladores são controlados com um interruptor termostático ou pelo computador do motor, e eles se acendem quando a temperatura do refrigerante vai acima de um ponto de ajuste. Retornam quando a temperatura cai abaixo desse ponto.

O núcleo do aquecedor, que está localizado no painel do seu carro, é realmente um pequeno radiador. O ventilador do aquecedor sopra ar através do núcleo do aquecedor e no compartimento do passageiro do seu carro.

Qual é o tipo mais comum de sistema de arrefecimento?

O mais comum é o sistema de arrefecimento de fluxo fechado e pressurizado, que não deixa a água evaporar. Na década de 80, o mais comum era o sistema aberto, que exigia repor a quantidade de líquido, que evaporava. “Se for necessário colocar aditivo em seu carro sempre, ele certamente apresenta algum defeito e deve ser levado a um de nossos mecânicos. Algumas mangueiras podem estar furada, por exemplo”, afirma Keyder Magalhães, Diretor das unidades Automotivas Ar Condicionado Prochaskar outra dica é: Faça sempre a troca completa do líquido.

Quando o sistema de arrefecimento deve ser trocado? Qual a peça que deve ser trocada com mais frequência?

Tirando o líquido, as peças só devem ser trocadas quando realmente estragarem. O fabricante determina quando o fluido deve ser substituído, mas o tempo médio é de dois anos e meio, independente se o motorista vai muito pra estrada ou mantém o motor em temperaturas quentes por muito tempo. Também vale a pena ficar atento às mangueiras do sistema, que podem ressecar e ficar danificadas. Sempre que isso acontecer, faça uma checagem de todo o sistema na oficina para ver se mais algum componente pode ter sido afetado.

Quais são os riscos de utilizar o carro com o sistema de arrefecimento quebrado?

A primeira peça que geralmente derrete é a junta do cabeçote, que liga o cabeçote ao motor. O cabeçote é a parte superior do motor, que fecha os cilindros e forma parte da câmara de combustão. Por lá, são feitos os processos de admissão e escape de gases e combustível. Feita de material sintético, a peça pode custar de R$ 2 .500 (carro popular) a R$ 10 mil (carro importado).

“O principal risco é fundir o motor, mas esse motorista insistiu muito em andar com o carro quente. Não insista em andar com o carro nessas condições, pois os danos só pioraram. Não espere o carro esfriar para seguir viagem”…

 

Faça revisão do Sistema do Arrefecimento do seu Carro com nossos mecânicos.

Moema Av. Santo Amaro, 1927 Tel. 3849-1766 | 3849-2116
Pinheiros Av. Brig. Faria Lima, 784 Tel. 3031-4158 | 3034-5209
Pompéia – Av.Pompéia, 698 Tel.3868-2264 | 3803-9247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *